Blog > dicas
dicas

Você sabe a importância de conhecer a sua coloração pessoal?

Compartilhe:
Você sabe a importância de conhecer a sua coloração pessoal?

A coloração pessoal é conhecer a combinação perfeita entre o seu tom de pele e as cores. Essa união tem efeitos incríveis no visual: ilumina o rosto, suaviza a textura da pele, equilibra os traços. Já a falta de harmonia entre o tom da cútis e as tonalidades das roupas pode “apagar” um look e evidenciar olheiras e manchinhas, por exemplo.

Cada pele tem uma característica própria, uma cor só dela, na qual chamamos de subtom. E é com base nessa cor tão nossa, somada ao tom dos nossos olhos e cabelos, que os profissionais da coloração montam a nossa cartela pessoal de cores. Com essa paleta em mãos, os experts partem para o estudo dos tons “externos” que tem como base as quatro estações do ano: primavera, verão, outono e inverno, divididas em 3 categorias: temperatura (quente e fria), intensidade (intensa e opaca) e profundidade (clara e escura).

A melhor maneira de fazer essas descobertas é consultando um profissional da coloração da moda, mas aqui podemos dar algumas dicas. E a principal é simples: olhe para o seu armário. Quais cores prevalecem? Com quais cores você se sente mais viva, radiante? Qual dá match com a sua autoestima? Preto, tons de azul e lilás? Se forem, podemos dizer que a sua coloração é mais fria. Mas se você se sente melhor, mais poderosa, com cores da família do laranja, como dourado, salmão, pode ser que você esteja no time das cores quentes.

A definição de cores quentes e frias se dá a partir das estações do ano, como já dissemos, e não na temperatura delas.

Explicamos: No verão, a presença do sol quente deixa tudo mais claro: o céu mais azul, a areia mais clarinha, as flores e folhas mais amenas. Tudo fica mais suave. Por isso que as cores frias (cheias de azul) se destacam.

No outono é como se tudo se acendesse. As folhagens escurecem ganhando tons amarronzados e alaranjados, ou seja, cores quentes (cheias de amarelo).

No inverno, predomina os tons de cinza e branco, com mais pigmentos azuis (cores frias).

Já na primavera temos uma explosão de tonalidades fortes, amareladas, rosadas, alaranjadas. (cores quentes).

Vale ressaltar que o que mais importa é o seu olhar para você mesma. Se você se sente bem com cores da família quente e também da fria, ótimo! Ou se você prefere usar tons alaranjados nos dias mais quentes para combinar com os momentos solares, perfeito. O que vale é o que faz seus olhos brilharem e te faz se sentir poderosa.